Skip links

Pesquisador Responsável

Pesquisador Responsável | Diretor do Comitê Executivo

Carmino Antonio de Souza

Linhas de Pesquisa

Transplante de medula óssea - ênfase nos transplantes com célulatronco periférica, transplante de intensidade reduzida e haploidêntico Objetivo: O transplante de medula óssea é uma terapêutica já consolidada em nosso meio. Porém, a indisponibilidade de doadores HLA ainda constituem um sério problema e a introdução de transplantes "alternativos" tem sido alvo de estudos por nosso grupo. Reduzir a intensidade do regime de condicionamento e a escolha da melhor fonte de células também são desafios a serem vencidos cientificamente. Grande área: Ciências da Saúde Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas.

transplante de medula óssea

doadores HLA

célulatronco periférica

Onco-hematologia com ênfase em linfomas malignos, mieloma múltiplo e leucemia mieloide crônica - Objetivo: Pesquisas desenvolvidas no campo da onco-hematológica com projetos clínicos de caráter nacional e internacional, implantação e desenvolvimentos de métodos laboratoriais de rotina e pesquisa neste campo. As doenças mais estudadas serão os linfomas malignos, o mieloma múltiplo e a leucemia mieloide crônica. Grande área: Ciências da Saúde Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas.

linfomas malignos

mieloma múltiplo

leucemia mieloide crônica

Terapia sequencial de alta dose seguida de transplante de medula óssea em linfomas malignos - Objetivo: As pesquisas para encontrar a melhor terapêutica de "salvamento" dos linfomas malignos são extremamente importantes, tendo em vista da frequência ainda elevada de recaídas e progressões. A terapia sequencial de alta dose foi preconizada pelo grupo italiano de Milão e tem sido implantada em nossa instituição em caráter experimental. Teses e artigos científicos foram e estão sendo publicados por nosso grupo neste campo.2 Grande área: Ciências da Saúde Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas.

linfomas malignos

transplante de medula óssea

Produção Científica
  • Publications in journals with selective editorial policy: 417

  • Book chapters: 24

  • Number of citations received in the international scientific literature according to ISI
    (September 26th, 2023): 12.240

  • H index: 50

  • Hi 10 index: 167

  1. SK Kumar, JH Lee, JJ Lahuerta, et.al. Risk of progression and survival in multiple myeloma relapsing after therapy with IMiDs and bortezomib: a multicenter international myeloma working group study. Leukemia 26 (1), 149-157 Ano 2012. Citações: 866
  2. ECML Carmino De Souza. The price of drugs for chronic myeloid leukemia (CML) is a reflection of the unsustainable prices of cancer drugs: from the perspective of a large group of CML experts. Blood, The Journal of the American Society of Hematology 121 (22), 4439-4442. Ano 2013. Citações: 588
  3. HM Kantarjian, A Hochhaus, G Saglio, C De Souza, et. al. Nilotinib versus imatinib for the treatment of patients with newly diagnosed chronic phase, Philadelphia chromosome-positive, chronic myeloid leukaemia: 24-month minimum follow-up. The lancet oncology 12 (9), 841-851. Ano: 2011. Citações: 545
  4. Chng WJ, Dispenzieri A, Chim CS, et al. IMWG consensus on risk  stratification in multiple myeloma. International Myeloma Working Group. Leukemia. 2014 Feb;28(2):269-77. doi: 10.1038/leu.2013.247. Ano: 2014. Citações: 503
  5. Tadeusz Robak, Huiqiang Huang, Jie Jin, et. al. Bortezomib-Based Therapy for Newly Diagnosed Mantle-Cell Lymphoma. N Engl J Med 2015; 372:944-953. Ano 2015. Citações: 332
  6. MA Dimopoulos, P Sonneveld, N Leung, et. al. International Myeloma Working Group recommendations for the diagnosis and management of myeloma-related renal impairment. Journal of Clinical Oncology 34 (13), 1544-1557. Ano 2016. Citações: 271
  7. TP Hughes, G Saglio, HM Kantarjian, et. al. Early molecular response predicts outcomes in patients with chronic myeloid leukemia in chronic phase treated with frontline nilotinib or imatinib. Blood, The Journal of the American Society of Hematology 123 (9), 1353-1360. Ano 2014. Citações: 240
  8. TH Brümmendorf, JE Cortes, CA de Souza, et. al. Bosutinib versus imatinib in newly diagnosed chronic‐phase chronic myeloid leukaemia: results from the 24‐month follow‐up of the BELA trial. British journal of haematology 168 (1), 69-81. Ano 2015. Citações: 163
  9. M Nucci, KA Marr, M Vehreschild, C De Souza, et. al. Improvement in the outcome of invasive fusariosis in the last decade. Clinical Microbiology and Infection 20 (6), 580-585. Ano 2014. Citações: 133
  10. A Hochhaus, G Saglio, RA Larson, et. al. Nilotinib is associated with a reduced incidence of BCR-ABL mutations vs imatinib in patients with newly diagnosed chronic myeloid leukemia in chronic phase. Blood, The Journal of the American Society of Hematology 121 (18), 3703-3708 Ano 2013. Citações: 110
  11. R Bizzetto, C Bonfim, V Rocha, et. al. Outcomes after related and unrelated umbilical cord blood transplantation for hereditary bone marrow failure syndromes other than Fanconi anemia. Haematologica 96 (1), 134. Ano 2011. Citações: 86
  12. T Robak, J Jin, H Pylypenko, et. al. Frontline bortezomib, rituximab, cyclophosphamide, doxorubicin, and prednisone (VR-CAP) versus rituximab, cyclophosphamide, doxorubicin, vincristine, and prednisone (R-CHOP) in ...The Lancet Oncology 19 (11), 1449-1458. Ano 2018. Citações: 54.
  13. Gore L, Kearns PR, de Martino ML, Lee, De Souza CA, et. al. Dasatinib in Pediatric Patients With Chronic Myeloid Leukemia in Chronic Phase: Results From a Phase II Trial. J Clin Oncol. 2018 May 1;36(13):1330-1338. doi: 10.1200/JCO.2017.75.9597. Ano 2018. Citações: 50
  14. GF Penni, T Fischer, RD Gaiolla, et. Al. How to manage lymphoid malignancies during novel 2019 coronavirus (CoVid-19) outbreak: a Brazilian task force recommendation. Hematology, transfusion and cell therapy 42,103-110. Ano: 2020. Citações: 28
Fale com o pesquisador

Contato

Preencha o formulário abaixo para entrar em contato com o pesquisador.

Endereço

Hemocentro: Rua Carlos Chagas 480. Cidade Universitária Zeferino Vaz, 13083-878. Campinas-SP

Telefone

(19) 3521-8740

E-mail

carmino@unicamp.br

Este website utiliza cookies para aprimorar a experiência
Veja nossa Política de Privacidade para saber mais.
CancerThera
Arraste!